Reabilitar, o futuro em construção

Se tivéssemos que nomear um desafio que se transformou
rapidamente numa aposta ganha, sem dúvida, seria o sector
da reabilitação. No início o verbo era construir, de há uns anos para cá dedicamos o nosso trabalho a reconstruir, a recuperar e a reabilitar. Que é como quem diz: a dar nova vida a velhos edifícios.

Em Portugal, fomos os pioneiros a acompanhar e a solidificar a consciência de que é fundamental preservar a memória das cidades, conservar a história que nos é contada pelos seus edifícios.

Fomos os primeiros a fazer da recuperação uma prioridade, investimos recursos financeiros, adequamos técnicos e meios para responder com determinação a este enorme desafio. A reabilitação urbana obedece a critérios muito
rigorosos e a regras muito particulares, o que obrigou a uma crescente especialização de toda a empresa, da sua cultura e da sua forma de trabalhar.

Nesta transformação inclui-se a cada vez mais necessária
inovação ao nível das técnicas e dos materiais. Ambos
contribuíram para que possamos hoje encher o peito de orgulho e afirmar que somos uma empresa de referência na área, com obras premiadas para nos incentivar a continuar,

Se o nosso principal palco de acção começou por ser a cidade do Porto, hoje já efectuamos obras de requalificação um pouco por todo o país e também no estrangeiro.

E este é o caminho do futuro, um caminho que vamos continuar a desbravar e construir.