Quarteirão das Cardosas reabilitado trouxe nova vida ao centro do Porto

O Quarteirão das Cardosas, hoje totalmente reabilitado, trouxe nova vida ao centro histórico do Porto, "atraindo novos habitantes e inovando o comércio tradicional".

As palavras são de Manuel Monteiro de Andrade, administrador delegado da Fundbox (Porto), a sociedade gestora de fundos imobiliários mandatada pela Lucios para a gestão do fundo First Oporto Regeneration Fund (FOUR Fund), através do qual o projecto foi promovido. Num investimento global superior a 18 milhões de euros, o Quarteirão das Cardosas "é hoje uma âncora na reabilitação do centro histórico do Porto, especialmente no eixo Mouzinho/Flores", considera aquele responsável, sublinhando ainda que acredita que o projecto "motivará muitos proprietários e promotores a investirem na reabilitação, como já se pode constatar".

Depois de quatro anos de execução global, o projecto, que foi construído pela Lucios e conta com a arquitectura da FA.A - liderada pela arquitecta Rosário Rodrigues de Almeida - , oferece hoje um total de 52 apartamentos nas tipologias T0 a T2+1, 19 espaços comerciais com áreas entre os 25 e os 600 m2, além de um parque de estacionamento com 327 lugares e a nova Praça das Cardosas, um espaço de uso público com cerca de 1.600 m2 e com acessos directos aos arruamentos envolventes. O projecto foi recentemente distinguido com o Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2014 na categoria de melhor intervenção de habitação, um reconhecimento que Manuel Monteiro de Andrade considera ser a prova "da qualidade do projecto, excelência da execução e do êxito comercial".

De acordo com este responsável, cerca de 85% dos espaços comerciais e 60% das habitações estão já vendidas, tendo ainda frisado que a Praça das Cardosas regista uma elevada procura para a realização dos mais variados eventos culturais e de lazer. Na sua perspectiva, além de "exigir competências, experiência e muita dedicação", reabilitar também é uma forma de "trazer de novo as pessoas para o centro do Porto, conseguindo vender as habitações e os comércios a novos públicos ávidos de retornar ao centro e a instalar negócios inovadores e atractivos". Conforme explicou ao Público Imobiliário, o Quarteirão das Cardosas é "uma intervenção de reabilitação urbana sistemátca, que, mantendo a matriz do edificado preexistente, renova toda uma zona no centro histórico do Porto, que se encontrava quase desabitada, com a maioria dos prédios em ruína e o miolo dos prédios em ruína e o miolo do quarteirão repleto de construções, muitas delas clandestinas.

 

Fonte: Público